Dicas da Lu: Musica
Mostrar mensagens com a etiqueta Musica. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Musica. Mostrar todas as mensagens

domingo, 8 de abril de 2018

CHUVA NO MAR CARMINHO E MARISA MONTE

 
Coisas transformam-se em mim
É como chuva no mar
Se desmancha assim em
Ondas a me atravessar
Um corpo sopro no ar
Com um nome p’ra chamar
É só alguém batizar
Nome p’ra chamar de
Nuvem, vidraça, varal
Asa, desejo, quintal
O horizonte lá longe
Tudo o que o olho alcançar
E o que ninguém escutar
Te invade sem parar
Te transforma sem ninguém notar
Frases, vozes, cores
Ondas, frequências, sinais
O mundo é grande demais
Coisas transformam-se em mim
Por todo o mundo é assim

terça-feira, 13 de março de 2018

GRACE DAVIES ROOTS


I don't wanna be found out
I dont wanna leave this town tonight
Don't wanna be back where I started from
'Cause my roots won't keep me warm
They won't keep me warm

But they said I was always gonna be that way
Until I saw you, I believed them everyday
Then you came my way

Oh let me love, oh let me love you
Until we're old
Oh let me love, oh let me love you
Until we're grown
'Cause my roots will never keep me warm

I guess I made it here somehow
I made it this far and I am proud
It's my whole world has changed
Nothing stays the same
And I for one am glad
I never knew I wanted you so bad

But they said I was always gonna be that way
Until I saw you, I believed them everyday
Then you came my way

Oh let me love, oh let me love you
Until we're old
Oh let me love, oh let me love you
'Cause my roots will never keep me warm

And they said I was always gonna be that way
Until I saw you, I believed them everyday
Then you came my way

Oh let me love, oh let me love you
Until we're old
Oh let me love, oh let me love you
'Cause my roots won't keep me warm
My roots won't keep me warm

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

GRACE DAVIES TOO YOUNG


When you were young
Everyone said "you're just like your father"
Didn't know your own strength
You've taken some blows
So you just hit harder
I was a girl who stood in the playground
Needed a friend to find a way out
I did what you said, I was easily led
But I got my karma

So tell me how come everybody says
"You should live with no regrets"
But everyone has done somethings, I bet they wanna forget

And I was too young to know better
Too young to put it right
I know it ain't big, it ain't clever
So why did I play with fire?
We were out of control, ended up getting burnt
If only I'd known at the time
Too young to know better
And it's been forever
So can we draw a line?

I did it all wrong
And I was too young
Can't undo what we done
We were too young

And I was too young to know better
Too young to put it right
I know it ain't big, it ain't clever
So why did I play with fire?
We were out of control, ended up getting burnt
If only I'd known at the time
Too young to know better
And it's been forever
So can we draw a line?
So can we draw a line?

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

MARISA MONTE SONHOS


Tudo era apenas uma brincadeira
Que foi crescendo, crescendo e me absorvendo
E, de repente, eu me vi assim, completamente seu

Vi a minha força amarrada no seu passo
Vi que sem você não há caminho, eu não me acho
Vi um grande amor nascer dentro de mim como eu sonhei um dia

Quando o meu mundo era mais mundo
E todo mundo admitia uma mudança muito estranha
Mais pureza, mais carinho, mais calma, mais alegria
No meu jeito de me dar

Quando a canção se fez mais clara e mais sentida
Quando a poesia realmente fez folia em minha vida
Você veio me falar dessa paixão inesperada por outra pessoa

Mas não tem revolta, não
Eu só quero que você se encontre
Saudade até que é bom
É melhor que caminhar vazio
A esperança é um dom que eu tenho em mim
Eu tenho sim

Não tem desespero, não
Você me ensinou milhões de coisas
Tenho um sonho em minhas mão
Amanhã será um novo dia
Certamente eu vou ser mais feliz

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

MARISA MONTE DIARIAMENTE


Para calar a boca: Rícino
Para lavar a roupa: Omo
Para viagem longa: Jato
Para difíceis contas: Calculadora

Para o pneu na lona: Jacaré
Para a pantalona: Nesga
Para pular a onda: Litoral
Para lápis ter ponta: Apontador

Para o Pará e o Amazonas: Látex
Para parar na Pamplona: Assis
Para trazer à tona: Homem-Rã
Para a melhor azeitona: Ibéria

Para o presente da noiva: Marzipã
Para Adidas: o Conga Nacional
Para o outono, a folha: Exclusão
Para embaixo da sombra: Guarda-Sol

Para todas as coisas: Dicionário
Para que fiquem prontas: Paciência
Para dormir a fronha: Madrigal
Para brincar na gangorra: Dois

Para fazer uma toca: Bobs
Para beber uma Coca: Drops
Para ferver uma sopa: Graus
Para a luz lá na roça: 220 volts

Para vigias em ronda: Café
Para limpar a lousa: Apagador
Para o beijo da moça: Paladar
Para uma voz muito rouca: Hortelã

Para a cor roxa: Ataúde
Para a galocha: Verlon
Para ser moda: Melancia
Para abrir a rosa: Temporada

Para aumentar a vitrola: Sábado
Para a cama de mola: Hóspede
Para trancar bem a porta: Cadeado
Para que serve a calota: Volkswagen

Para quem não acorda: Balde
Para a letra torta: Pauta
Para parecer mais nova: Avon
Para os dias de prova: Amnésia

Para estourar a pipoca: Barulho
Para quem se afoga: Isopor
Para levar na escola: Condução
Para os dias de folga: Namorado

Para o automóvel que capota: Guincho
Para fechar uma aposta: Paraninfo
Para quem se comporta: Brinde
Para a mulher que aborta: Repouso

Para saber a resposta: Vide-o-Verso
Para escolher a compota: Jundiaí
Para a menina que engorda: Hipofagin
Para a comida das orcas: Krill

Para o telefone que toca
Para a água lá na poça
Para a mesa que vai ser posta
Para você o que você gosta
Diariamente

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

LILIAN O TEMPO É JÁ É NATAL

Final do ano,
Você precisa mesmo disso?
É conta, medo, prazo, insisto
No sono que não quer chegar
Dezembro,
Quem dá conta dos compromissos?
A meta que não se cumpriu
A falta que faz
Aquilo que não se compra
É natal
Tempo de amar seu irmão
De onde vem? Quem é?
Não importa
É bem que a vida te deu
É natal
Parece que passa ligeiro
Mas o único tempo é já
Final do ano
Quem dá conta dos compromissos?
Você precisa mesmo disso?
A falta que faz
Aquilo que não se compra
É natal
Tempo de amar seu irmão
Sua mãe, seu pai, seus amigos
Quem a vida te deu
É natal
Parece que passa ligeiro
Mas o único tempo é já
É natal tempo de amar seu irmão
De onde vem? Quem é?
Nunca importa
Aprendi com o aniversariante
Na vida o bem mais importante
É amar
Parece que passa ligeiro
Mas o único tempo é já

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

ANA VITORIA TREVO DE QUATRO FOLHAS (TU) ft DIOGO PIÇARRA


Tu és trevo de quatro folhas
És manhã de domingo à toa
Conversa rara e boa
Pedaço de sonho que faz meu querer acordar pra vida
Ai ai ai

Tu que tem esse abraço casa
Se decidir bater asa
Me leva contigo pra passear
Eu juro afeto e paz não vão te faltar
Ai ai ai

Ah, eu só quero o leve da vida pra te levar
E o tempo parar
Ah, é a sorte de levar a hora pra passear
Pra cá e pra lá, pra lá e pra cá
Quando aqui tu estás

sábado, 25 de novembro de 2017

MARISA MONTE LENCINHO QUERIDO

 
Guardo -o lencinho branco
Que esquecestes ao me abandonar
Manchado assim pelo carmim
Que tirei dos meus lábios
Quando te beijei
Guardei teu lencinho para me lembrar
Do beijo que nele deixamos ficar
Ao ver os meus lábios, choro ao recordar
Que depois partistes pra não mais voltar
Guardo -o lencinho branco
Que esquecestes ao me abandonar
Manchado assim pelo carmim
Que tirei dos meus lábios
Quando te beijei
Lenço branco, ilusão
Foi aquele louco amor
Tudo agora é solidão
Ele já não volta mais
Meu lenço amigo comigo ficou
Fiel companheiro, não me abandonou
Lencinho querido, que hei de fazer
Se aquele amor eu não posso esquecer
A -tarde estava fria
Frio também ficou meu coração
Ao compreender que ele partia
No branco lencinho chorei sua traição

domingo, 29 de outubro de 2017

MARISA MONTE ILUSAO


Uma vez eu tive uma ilusão
E não soube o que fazer
Não soube o que fazer
Com ela, não soube o que fazer
E ela se foi
Porque eu a deixei
Por que eu a deixei?
Não sei, eu só sei que ela se foi
Meu coração desde então chora todos os dias 
No portão 
Por ela não soube o que fazer
E ela se foi
Porque eu a deixei
Por que eu a deixei?
Não sei, eu só sei que ela se foi
Sei que tudo o que eu queria
Deixei tudo o que eu queria
Porque não me deixei tentar
Vivê-la feliz
Sei que tudo o que eu queria
Deixei tudo o que eu queria
É a ilusão de que volte o que me faça feliz, faça viver
Por ela…

terça-feira, 17 de outubro de 2017

SE ME DEIXASSES SER TIAGO BETTENCOURT


Se me deixasses ser
O sítio onde podes voltar
Depois do dia entardecer
Ou quando a noite te agarrar
O corpo forte de chegar
A casa de permanecer
A casa para regressar
Se me deixasses ser...
Seja onde for

Se o filme fosse meu
Na luta contra o mal
Tudo o que te faz doer
Morria no final
E se o escuro não passar
E te cega como uma prisão
Vou-te resgatar
Lavar-te o coração
Se me deixasses ser
Se fosse eu a mandar
Fazia-te ver...

Frente ao precipício 
Juntos pela mão
Se hoje queres saltar
Eu quero ser razão

Se me fizesses crer
no sitio onde posso voltar
para um dia entardecer
e quando a noite descansar
Na casa de permanecer
Na pedra que fazemos chão
para me rever
lavar o coração
se me fizesses crer
se fosse eu a mandar
fazia-te ver

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

DIZ SIM TIAGO BENTECOURT ft VANESSA DA MATA


Se for para dar um passo vou provar que dou
Se assim for leve esta canção vem coração
Se passeando junto a mim sentires enfim
Diz sim
 
Se passo a passo me encostar ao teu lugar
Se deres um passo como eu dou verás que sou
Que é bom estar perto dançar lento junto a mim
Diz sim
 
Meu lado fraco para ti
Teu lado quase forte não
Não é tanto assim
Vem diz sim, diz sim

Se quiseres dar um passo para onde estou
E passo a passo te encontrar no meu lugar
Ou quando a dança da canção te der razão
Diz sim, diz sim, diz sim



sábado, 26 de agosto de 2017

PARTIMOS A PEDRA TIAGO BENTTECOURT


Partimos a pedra
Abrimos caminho
Rasgamos montanhas
Esquecemos o perigo
Corremos na selva
No sol do deserto
No escuro da sombra
Ficando mais perto

Quem no fundo quer
Vai atrás
Quem de longe vê
Parte pedra
Vai atrás

E se o vento empurrar
Nossas velas de algodão
Deixando-nos levar
Acertando a direcção
E se o medo nos ferir
Bem para longe da razão
Aprendemos a seguir
Acertando a direcção
Acertando a direcção

Um grito sem guerra
Uma paz sem rota
A mão que nos leva
Que nunca nos solta

Partimos a pedra
Abrimos caminho
Rasgamos montanha
Mas nunca sozinho

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

TIÊ ONDE ESTÁ O AMOR


Tá escrito no seu jeito de me olhar
Só não entendo porque não há mais nada
Pr'aquela lua que meus segredos eu cantava
Já se cansou
E agora eu te pergunto


Onde está o amor
De que tanto falam
Eu fico impaciente
Quando estou em calma


Deixa eu me perder no fio do seu cabelo
Me abraça com o lado esquerdo do peito
Diz que tudo isso ainda vai dar certo
Vem, me faça esquecer o mundo inteiro
Deixa eu encontrar a calma na sua boca
Deixa eu segurar com força as poucas horas
Deixa que sou eu quem vai falar agora
Farei que tudo isso seja só um sonho


Tentei lembrar de quantos beijos te joguei
Naquele dia
Mas você já não me via
Eu não quero abraços de outros braços
Não quero seus pés em outros passos
Porque eu preciso ter você ao meu lado


Onde está o amor
De que tanto falam
Eu fico impaciente
Quando estou em calma


Deixa eu me perder no fio do seu cabelo
Me abraça com o lado esquerdo do peito
Diz que tudo isso ainda vai dar certo
Vem, me faça esquecer o mundo inteiro
Deixa eu encontrar a calma na sua boca
Deixa eu segurar com força as poucas horas
Deixa que sou eu quem vai falar agora
Farei que tudo isso seja só um sonho


Deixa eu me perder no fio do seu cabelo
Me abraça com o lado esquerdo do peito
Diz que tudo isso ainda vai dar certo
Vem, me faça esquecer o mundo inteiro
Deixa eu encontrar a calma na sua boca
Deixa eu segurar com força as poucas horas
Deixa que sou eu quem vai falar agora
Farei que tudo isso seja só um sonho



domingo, 6 de agosto de 2017

CUCA ROSETA RIÛ


Pode um sorriso contagiar alguém?

Sim, claro :-)

Sorrir, apesar das dificuldades com que nos defrontamos da mais diversa ordem.

Bjs, bom fim de semana e procurem sempre ver o lado positivo da vida para que tudo seja mais fácil!

Musica: Jorge Palma
Letra: Cuca Roseta



Rio, rio tanto tanto sem parar

Um sorriso nunca passa sem ninguem notar

Qualquer riso que vás dar a ti há-de voltar

Vou deixando a minha luz nos lugares onde passar

Vou pintando um arco-iris no riso do olhar

É o vai-vem de quem tem quem faça alguém o bem

É um vai-vem de quem faz um bem também

Rio rio rio podem rir de mim

Rio rio rio sem estar a fim de qualquer fim

Há quem saiba mesmo rir sem precisar de um tostão

Rio em mim riam de mim, vão rir no fim

sábado, 22 de julho de 2017

JAMES ARTUR SAFE INSIDE


I remember when you were all mine
Watched you changing in front of my eyes
What can I say?
Now that I'm not the fire
In the cold
Now that I'm not the hand that you hold
As you're walking away

Will you call me to tell me you're alright?
Cause' I worry about you the whole night
Don't repeat my mistakes
I won't sleep 'til you're safe inside
If you're home I just hope that you're sober
Is it time to let go, now you're older
Don't leave me this way
I won't sleep 'til you're safe inside

Everyone has to find their own way
And I'm sure things will work out okay
I wish that was the truth
All we know is the sun will rise
Thank your lucky stars that you're alive
It's a beautiful life

Will you call me to tell me you're alright
Cause' I worry about you the whole night
Don't repeat my mistakes
I won't sleep 'til you're safe inside
If you're home I just hope that you're sober
Is it time to let go now you're older
Don't leave me this way
I won't sleep 'til you're safe inside

If you make the same mistakes
I will love you either way
All I know is that I can't live without you
There is nothing I can say
That will change you, anyway
Darling, I could never live without you
I can't live, I can't live

Will you call me to tell me you're alright
Cause' I worry about you the whole night
Don't make my mistakes
I won't sleep, I won't sleep
If you're home I just hope that you're sober
Is it time to let go now you're older
Don't leave me this way
I won't sleep 'til you're safe inside



quinta-feira, 13 de julho de 2017

ESTACA ZERO LUAN SANTANA ft IVETE SANGALO


Se beber, hoje fosse minha única opção
Pra por um curativo no meu coração
Até te esqueceria por cinco minutos
Mas não pra sempre
É a primeira vez que eu vou sair sozinho
E o banco do carona hoje tá tão vazio
Até bateu saudade do seu mau humor

E quando me chamava de amor uoh uoh
Respeitei a sua decisão
Quando a gente terminou uoh uoh
Meu coração não aguentou, juro

Mas foi só te ver
Caiu a ficha do quanto eu te quero
Que recaída, eu tô falando sério
Parei, pensei e não me segurei
Olha eu de novo, na estaca zero

Caiu a ficha do quanto eu te quero
Que recaída, eu tô falando sério
Parei, pensei e não me segurei
Olha eu de novo, na estaca zero

segunda-feira, 3 de julho de 2017

DIOGO PIÇARRA SÓ EXISTO CONTIGO


Tu tens
O que eu
Preciso para ser perfeito
Não és
O que vês
Mas sim como eu te vejo

Eu sou
Aquele
Que te busca só por um beijo
E tu és
O que eu
Sempre quis e agora encontrei-te

Por isso ama-me
Como se me fosses perder
Procura-me
Como se nunca me tivesses tido
Agarra-me
Como se eu fosse desaparecer
Faz de conta que o para sempre só existe comigo

Eu só existo contigo
Eu só existo contigo
Eu só existo contigo

Agora
Leva-me para longe, leva-me para onde for
Não importa onde, nem importa quando
Só peço que não demores
Sem ti eu não existo
Tudo fica sem sabor
E se não for contigo
Então eu desisto
Só contigo estou melhor

Agora
Leva-me para longe, leva-me para onde for
Não importa onde, nem importa quando
Só peço que não demores
Sem ti eu não existo
Tudo fica sem sabor
E se não for contigo
Então eu desisto
Só contigo estou melhor

Por isso ama-me
Como se me fosses perder
Procura-me
Como se nunca me tivesses tido
Agarra-me
Como se eu fosse desaparecer
Faz de conta que o para sempre só existe comigo



quinta-feira, 8 de junho de 2017

LILIAN SOU MULHER



Mulher, tua força impulsiona

O teu não é de respeito
Você não está sozinha



Mulher, não aceite pouco amor
Nem tampouco quem te machucou
Use a roupa que quiser



Nasci
Me tornei
Sou mulher



Mulher, tua beleza não tem forma
Peso, cor, tamanho, norma
Tua alma é macia